"Como ocorria em faladores Rosa Antuña assume um papel específico: além de dançar, canta e balbucia um idioma inventado - como um ser falador. A quem é dado um lugar diferenciado, à altura das ressonâncias e experimentações dos seus, digamos assim, canais de expressão.
Mais que bailarina, uma artista em plenitude" - Miguel Anunciação para o Hoje em Dia - Belo Horizonte

PRÓXIMAS APRESENTAÇÕES E WORKSHOPS

2015
* Belo Horizonte:
- 22 de setembro - CRModa - A Mulher que Cuspiu a Maçã - 19:30h (Cena-Música)
- 20 de agosto - CC Vila Santa Rita - A Mulher que cuspiu a Maçã - 19:00h (Cena-Música)
- 18 de agosto - CCJardim Guanabara - A Mulher que cuspiu a Maçã - 19:00h (Cena Música)
- 17 de julho - CRModa - A Mulher que Cuspiu a Maçã - 21:00h (Cena Música)
- 7 a 10 de maio - CCBB - A Mulher que Cuspiu a Maçã - ESTREIA NACIONAL

* Brasília
- 22, 23 e 24 de abril - Teatro da Caixa - Trilogia do Feminino

2014
* Holstebro, Dinamarca:
- 12 e 17 de dezembro - A Mulher que Cuspiu a Maçã, direção Roberta Carreri - (Núcleo de Criação Rosa Antuña) - Ensaio Aberto - work in progress - Odin Teatret

sexta-feira, 16 de novembro de 2012

Território Nu no Pelô

Ontem acordamos, tomamos café (e milagrosamente estou tomando café da manhã todos os dias!!! Não sei o que está acontecendo comigo!!!!!Céus!!!), descansamos,etc.
Fiz exercícios na piscina, porque estava com as pernas muito doloridas.
Almoçamos e fomos para o Pelô.

Chegamos lá e tinha um monte de turistas com a carinha boa, tirando fotos alegres e sorridentes.
Comprei um quadro de Yemanjá e outro de Oxum. Lindos.

De repente encontrei minha amiga Bel, com seu sobrinho Joaquim. Estavam indo pro Sesc ver o show para crianças que estava tendo lá. Fui pro teatro.

Tudo certo. A equipe foi maravilhosa! É tão bom trabalhar assim! Quando todos são prestativos, fazem o que precisam fazer, não enrolam... todos os teatros deveriam ter técnicos assim!

O espetáculo foi ótimo! A platéia estava cheia! Fomos muito bem recebidos! Dançamos com muito prazer. Nós adoramos Território Nu e fazia muito tempo que não o apresentávamos! A última vez foi em janeiro desse ano! E na verdade, esta foi a quinta apresentação desde a estréia dele no FID 2011, em outuibro do ano passado!
O espetáculo foi liso, o som foi ótimo!
Ficamos muito felizes!

Depois do espetáculo teve o show do Dão & Caravanablack. Foi simplesmente maravilhoso! A galera dançou muito! Sonzera! Bom demais!
Eu fiquei mais quieta, porque minhas pernas continuavam doendo muito, agora um pouco mais, depois do espetáculo. rs..

Fomos jantar. Comi de novo um bobó de camarão maravilhoso! Escândalo!!!

Hotel, banho e cama!

quarta-feira, 14 de novembro de 2012

Poesia de Um Corpo

Na terça à noite fomos ao sesc Pelourinho para assistir a Attomos Cia de Dança (BA), mas chegando lá, ainda vimos um pouco da apresentação da Orquestra Brasileira de São Salvador! Foi lindo demais! Eles arrasaram! Dancei, rodei a baiana! Música boa é música boa! Músico é músico!

Terminada a apresentação na Arena, fomos para o Teatro.
O espetáculo foi lindo. Poético. Sincero. Despretensioso. Verdadeiro. Artistas maduros em cena. Fiquei muito emocionada de ver o Matias em cena. Ele foi uma estrela do Grupo Corpo. Um grande bailarino. E foi lindo vê-lo em cena novamente. E o Jofrey, e o Sóter... E parabéns ao jovem diretor Anderson Rodrigo!

Me emocionei.

Na quarta foi o dia do intercâmbio. Infelizmente não participei porque fiquei descansando no hotel. Fiquei de pernas para cima o dia todo.

Mas Mário disse que foi muito produtivo. A troca de experiências foi muito rica para ambos os grupos.



Arte-Integrada em Salvador

Na terça foi meu workshop de Arte-Integrada na sala de dança da UFBA.
A Tice é minha assistente. E uma ótima assistente, por sinal!

Foi maravilhoso! A turma super interessada e responderam muito bem às propostas dadas. Foi uma energia ótima. Fui muito bem recebida. Foram todos muito queridos!

Na sexta, dia 16 haverá mais um dia de oficina, de 14:00hs às 18:00hs, na sala de dança da UFBA.

E dia 15, quinta-feira, tem a apresentação de Território Nu, no Sesc Pelourinho.

Até lá!!!

Escapada no Pelô

Na segunda, às 19:00hs foi nossa última apresentação de Escapada do ano!!!!!

Foi uma platéia muito querida, havia muitos amigos lá! Gilsa, Bel, Jussara, Matias, Jofrey...
O espetáculo foi redondinho. O som foi ótimo. A equipe daqui foi ótima!

Curti o espetáculo. Ficamos um mês e meio sem apresentá-lo e... parece que me deu saudade! Dancei com vontatde. É bom sentir isso em cena! O grupo todo esteve muito bem! Foi gostoso!

O bate-papo foi legal. Falamos sobre o processo de criação do Mário, o treinamento que damos para o grupo, a manutenção da Cia, e como foi a montagem de Escapada.

Bem, jantamos num restaurante muito bom, Maria Maria é o nome. Comida caseira, atendimento ótimo e o lugar é super charmoso!

E... cama! Apaguei.

Encontro com Mirian Druwe

Mirian Druwe também estava hospedada aqui nesse hotel, com seu grupo. Todos muito queridos! Apresentaram Vila Tarsila, inspirado na obra de Tarsila do Amaral, é um espetáculo infantil que agrada às crianças e aos adultos. Mário viu e ficou encantado com o trabalho!

Mais tarde ficamos de papo no restaurante do hotel. E foi maravilhoso poder conhecer Mirian Druwe um pouquinho mais. Ela foi uma grande bailarina, uma estrela. E hoje dirige seu grupo, coreografa, dança, atua... Foi ótimo para mim ficar ouvindo Mário e ela relembrando aventuras com Sandro Borelli em São Paulo e outros casos engraçados do meio da dança...
E depois de muito papo percebi que a Mirian é assim... uma dessas pessoas que tem luz própria!

Domingo em Salvador

Domingo acordei a tempo de tomar café da manhã!
Adoro café da manhã de hotel, só que quase nunca eu conseguia acordar a tempo!
E o café daqui é ótimo!

Fui para a praia, lógico! Fui até o Farol da Barra e encontrei um cantinho do mar que era razo, manso e quente. Fiquei lá. Eu , bebês e criancinhas.

Mais tarde fomos almoçar num restaurante por aqui e comi um bobó de camarão... hum... o melhor da minha vida! Comi como uma glutona. E satisfeita, saí sorridente de volta para o hotel.

Fiquei na piscina, fiz um pouco de exercícios e descobri que a esquadrilha da fumaça iria se apresentar às 16:00hs! Fiquei esperando ansiosa1 Eu e centenas de pessoas que se aglomeraram por toda a Barra!

E de repente... todo mundo gritou! E apareceu o primeiro avião! E enquanto os via, escrevi isso:

" Eles estão nos dizendo: não tenham medo de voar. Vocês podem ser livres. Rompam as barreiras nos ares. Furem as nuvens da ignorância e sejam como nós: pássaros livres.
E eles nos fizeram olhar para o céu e nos lembraram que existem outros mundos além do nosso.
E eles voam livres como pássaros.
E voam na direção do Sol como seres mágicos, que vêm à Terra simplesmente para fazer-nos uma saudação... e quem sabe... até mesmo nos trazer notícias de outros mundos...
Que bom que são usados para brincar conosco nesse espetáculo tão lindo, e não para bombardear uma cidade!
Ah! Esses Artistas Pássaros do Céu... Obrigada por sua presença, por seu amor... Obrigada por me fazerem sentir como uma criança de novo, em inocência, em alegria...
Obrigada por me fazerem olhar para o céu... e obrigada por deixarem seu símbolo de amor no ar... e dentro de nós.
Nunca me senti tão "povo", no sentido de pertencente à massa...rs. E aguardando a volta desses super-heróis... e a Esquadrilha da Fumaça é uma espécie disso. Fico com a sensação de que de dentro dos aviões irão sair seres com super-poderes... Mas eles têm super-poderes! Para fazerem o que fazem...
Foi lindo. "

domingo

Consegui acordar a tempo de tomar café da manhã no domingo!
Adoro café da manhã de hotel!
Em seguida fui caminhar pela praia. Fui até o farol da Barra e achei um cantinho do mar igual a uma piscina. Raso, manso e quentinho. Assim que eu gosto. Então fiquei lá. Eu e os bebês e as criancinhas.

Chegada em Salvador

Chegamos aqui em Salvador no sábado, dia 10 de novembro. Fomos direto para o SESC Pelourinho e fomos recebidos pelo carinho da querida Ana Paolilo! Almoçamos lá mesmo uma comida baiana maravilhosa!!!! Foi bom porque aí já me acalmei, pois eu estava louca pra sentir um gostinho de dendê na boca!
Fomos então para o hotel, ótimo, por sinal! Fica na Barra, se chama Monte Pascoal e o atendimento é ótimo também! Uma cama enorme e já fui logo me espalhando e simplesmente desmaiei (havia dormido muito tarde na véspera, arrumando malas e acordei cedo pra pegar o vôo - Ah! Viemos de Trip e ela dá um lanchinho ótimo! O que é um milagre hohe em dia!!!). Minha colega de quarto é a Tice.
Dormi pesado e acordei em cima da hora para ir para o Sesc para ver o monólogo do Gregório Duvivier, com direção e texto de João Falcão: "Uma Noite na Lua".
Houve primeiramente um coquetel com caldinhos deliciosos! Adoro essa parte da comida nessas viagens...

O teatro estava lotado e a peça foi simplesmente maravilhosa!
Fiquei absolutamente encantada e seduzida pelo texto e pela atuação do Gregório.
Eu e Mário tivemos o prazer de parabenizar os dois: Gregório e o próprio João Falcão, que estava lá fazendo a luz.

Após a peça começou o show com BaianaSystem na Arena do Sesc. Foi muito bom! Estava cheio, um astral ótimo! O Pelourinho estava cheio de gente! Foi um agito maravilhoso!!

Me reencontrei com minha querida amiga Bel, que mora aqui há anos e voltamos para o Hotel.
Dormi divinamente.

terça-feira, 13 de novembro de 2012

Palco Giratório em Salvador

E finalmente, após um mês e meio em Belo Horizonte, retomamos o Palco Giratório já em etapa final! Dia 10 de novembro viemos para Salvador.

Adoro vir para Bahia!
Parece que aqui os Orixás ficam mais perto de nós.
A Bahia é o coração do Brasil, em calor, em amor, em alegria...
As pessoas daqui têm um sotaque doce, carinhoso, divertido.

E... se uma mulher estiver precisando levantar a auto-estima basta vir para cá! Nunca recebi tantas "cantadas" em tão poucos passos que dei ali pelo Farol da Barra!

E acho curioso a contradição que é Salvador. Alegria e miséria. Amor e violência. Prosperidade e abandono. O que mantém Salvador viva e pulsante é a vontade de viver das pessoas daqui. A política, a polícia, os ricos... os coronéis... estes não fazem nada. Fingem que não veem nada... e a miséria, o craque, o abandono... estão aí, gritando por socorro.

As pessoas vivem. Sobrevivem. E tiram sua força do tambor que traz o vigor ancestral que alimenta a todos aqui. As pessoas se purificam através da dança, da música, da arte... Me pergunto até que ponto tudo isso é apenas "pão e circo" e até que ponto isso é necessário para que os baianos tenham força para continuar vivendo.

E ainda tem o crescimento assustador dos evangélicos por aqui. Chegaram ao ponto de tentar tirar as estátuas dos Orixás que ficam no lago Tororó! Tristeza...

Salvador é uma cidade de inúmeras realidades paralelas. É difícil defini-la. Ela é multifacetada.

Escolho vê-la por olhos de amor e cor. Por isso vejo-a pulsante. Quente. Viva. Forte. Salvador vem dos ancestrais africanos. Salvador é negra. Salvador é som e dança. É canto. Salvador é comida temperada, é bom humor. E Salvador luta por sua dignidade apesar das forças contrárias...

Que os Orixás estejam sempre com ela. Trazendo luz e consciência para o seu povo. E que esse Axé se expanda por todo o país. Que haja consciência. que haja igiualdade. Que haja justiça. Que haja respeito em nossa nação.